A Radiologia nasceu na Alemanha, entre os meses de Novembro e Dezembro no ano de 1895, quando um físico chamado Wilhelm Conrad Roentgen realizava pesquisas utilizando tubos de crookes sobre placas fotográficas, submetendo-os à correntes elétricas, e com isso fazer uso da radiação na tentativa de fotografar os ossos e a parte interna da mão de Bertha, sua esposa. O resultado da experiência foi um sucesso, o que fascinou Wilhelm Roentgen. No entanto, a descoberta ainda confundia o cientista, por conta disso, ele decidiu nomeá-la de “Raio-X”, em referência ao que ainda é “desconhecido” pela ciência.

Foi só 8 anos depois, com a madura evolução do método, que Roentgen teve o maior reconhecimento pela descoberta do Raio-X, quando recebeu o prêmio Nobel de física, em 1903. Então, foi escolhido o dia 8 de Novembro como sendo o Dia do Médico Radiologista, data do início das atividades de Roentgen no laboratório, o marco inicial na história da Radiologia.

A Radiologia, ou Diagnóstico Por Imagem, cresceu incrivelmente e hoje tem um papel essencial para os tratamentos de diversas patologias, atualmente dispondo de muitos outros meios de diagnóstico, como a Ultrassonografia, Ressonância magnética, Tomografia computadorizada (TC), Densitometria óssea, entre outros. Com a evolução da tecnologia digital cada vez mais comum e presente no meio radiológico, a visualização de imagens através de equipamentos digitais vêm ocupando um espaço cada vez maior na medicina diagnóstica, já que oferecem maior precisão e sensibilidade na avaliação das imagens, facilitando ainda mais o trabalho do médico radiologista.

O Corpo Clínico da Prado Diagnósticos por imagem é composto por Médicos Radiologistas especializados, competentes e comprometidos com seu trabalho e que, no exercício de sua missão, entendem que a excelência em diagnósticos por imagens salva vidas.

 

Olá, como posso te ajudar?
1