Ressonância Magnética

Fornece imagens em alta definição dos órgãos internos do corpo através da utilização de um campo magnético.

Ressonância Magnética

A Ressonância Magnética – RM  é um exame de avançada tecnologia que utiliza um campo magnético e ondas de radiofrequência para obtenção de imagens tridimensionais com altíssima resolução, utilizando vários planos de aquisição para vasculhar todas as estruturas corporais. Por não utilizar radiação ionizante (raios-X), é extremamente seguro e não oferece riscos para o organismo.

Para quê serve o exame de Ressonância Magnética?

Através da análise e pós-processamento das imagens adquiridas no aparelho de ressonância o médico radiologista analisa com detalhes a anatomia e a estrutura corporal, podendo detectar com precisão alterações patológicas auxiliando o seu médico assistente no diagnóstico, tratamento e acompanhamento de uma série de doenças e condições de saúde.

Como é feito o exame de Ressonância Magnética

O paciente é posicionado deitado em uma maca móvel que se desloca para o interior do aparelho de ressonância e o técnico responsável por operar o aparelho acopla as bobinas de radiofrequência na região de estudo. As bobinas servem para levar o sinal da superfície corporal até o computador que processa o exame. Durante o processo de aquisição de imagens o paciente deve permanecer imóvel, respirando tranquilamente e seguindo as orientações do técnico responsável que permanece o tempo todo comunicando-se com o paciente dentro da sala de exames através de um interfone.
O exame tem duração estimada em 30 a 45 minutos, podendo durar mais ou menos conforme a indicação clínica e fatores como as condições de saúde do paciente e a colaboração dele com a movimentação.
O paciente irá escutar alguns ruídos gerados pelo aparelho durante a realização do exame, para seu maior conforto disponibilizamos protetores auriculares.

Dependendo do segmento avaliado e da indicação do exame pode ser necessário que o paciente use o meio de contraste.

Orientações gerais

O Paciente deverá chegar com 30 minutos de antecedência para autorizar o exame junto ao convênio e fazer o cadastro no sistema. Os documentos necessários são:

  • Documento de identidade
  • Pedido Médico
  • Cartão do Convênio/Plano de Saúde ou documento que comprove o vínculo da parceria firmada com a clínica
  • Guia do exame autorizada pelo Convênio/Plano de Saúde (quando for necessário)
  • Exames anteriores (mais recentes) da região a ser examinada com as imagens.

Preparos

  • Pacientes devem vir trajando roupas confortáveis de duas peças (calça e camiseta/ saia e blusa) e que não tenham materiais metálicos;
  • Pacientes debilitados e maiores de 65 anos devem vir acompanhados por pessoa com idade acima de 18 anos;
  • Objetos de uso pessoal, como por exemplo óculos, dentadura, aparelho auditivo, aparelho dentário móvel, joias, prendedores de cabelo, devem ser retirados antes da realização do exame;
    Não é permitida a entrada de materiais metálicos ou ferromagnéticos na sala de ressonância
  • Para os exames que no pedido médico há solicitação sem contraste não é necessário nenhum preparo específico;
  • Para os exames que no pedido médico há solicitação com contraste o paciente deve guardar jejum de 4 horas antes do horário agendado para realização do exame;
  • Para os exames que no pedido médico não há solicitação específica quanto ao uso do contraste o paciente deve guardar jejum de 4 horas antes do horário agendado para realização do exame. Nestes casos os exames seguiram protocolos de atendimento específico para cada situação clínica e orientação de um médico radiologista;
  • Os pacientes deverão responder aos questionários de investigação clínica e de segurança, fornecidos pela clínica, antes da realização do exame;
  • Pacientes devem ingerir normalmente os medicamentos de uso regular, em especial para coração, pressão alta ou epilepsia. Guardar o jejum quando for necessário e tomá-los com pouca água;
  • Pacientes diabéticos e que irão realizar exame com contraste devem guardar o jejum e não tomar insulina no dia do exame. Para maiores esclarecimentos recomendamos entrar em contato com seu médico assistente ou com a equipe da Prado Diagnósticos;
  • Pacientes amamentando e que irão fazer uso do contraste, devem pausar a amamentação por 24 horas após o uso do contraste. Recomendamos a reserva prévia de leite materno para o período da pausa;
  • Pacientes com problemas renais (Insuficiência Renal Aguda ou Crônica, Diálise, Rim único, Mieloma Múltiplo, etc.) e que irão fazer uso do contraste, precisam informar essa condição clínica no momento do agendamento do exame e trazer os exames de função renal mais recentes (Uréia e Creatinina, preferencialmente das últimas 24 horas). Para maiores esclarecimentos recomendamos entrar em contato com seu médico assistente ou com a equipe da Prado Diagnósticos;
  • Pacientes seriamente debilitados ou hospitalizados somente poderão ser atendidos caso estejam acompanhados de equipe de remoção (UTI móvel/Médico assistente), que deverá permanecer na unidade durante toda a realização do exame e até o término do mesmo;
  • A execução do exame depende da adequada acomodação do paciente no equipamento de tomografia, o que é avaliado no momento do estudo, de acordo com a distribuição da gordura corporal e com a circunferência abdominal de cada pessoa. Dessa maneira os indivíduos com peso superior a 120 kg ou com circunferência abdominal maior que 170 cm não serão adequadamente acomodados em nosso aparelho;
  • Pacientes que já apresentaram reações adversas (alergias) ao meio de contraste e tenham no pedido médico solicitação para uso do contraste, precisam informar essa condição clínica no momento do agendamento. Nestes casos os exames seguiram protocolos de atendimento específico para cada situação clínica e orientação de um médico radiologista. Para maiores esclarecimentos recomendamos entrar em contato com seu médico assistente ou com a equipe da Prado Diagnósticos;
  • Após a realização de exame com contraste os pacientes devem ingerir a maior quantidade de líquido possível;
  • Os seguintes materiais apresentam contraindicação absoluta para a realização do exame:
    • Marca-passo cardíaco;
    • Clipes de aneurisma cerebral ferromagnéticos (antes de 1995 todos são);
    • Implantes e aparelhos oculares (exceto lentes intraoculares para catarata);
    • Implantes otológicos cocleares;
    • Fixadores ortopédicos externos;
    • Bombas de infusão;
    • Cápsula endoscópica e monitor de medida de pH (pHmetria);
    • Cateter de Swan-Ganz e qualquer outro cateter com eletrodos ou dispositivo eletrônico;
    • Desfibrilador implantável;
    • Fios guias intravasculares;
    • Fios metálicos de localização pré-cirúrgica mamária (exceto aqueles especificamente compatíveis);
    • Holter;
    • Monitor de PIC (pressão intracraniana);
    • Neuroestimuladores e moduladores (espinhais/medulares, intestinais, vesicais e outros);
  • Os seguintes materiais apresentam contraindicação relativa para a realização do exame:
    • Aparelhos auditivos (necessário remover). O implante auditivo do tipo sistema BAHA não é contra indicado desde que se remova o ímã/bateria externo;
    • Implantes otológicos, como tubos de ventilação, são feitos de titânio, teflon ou silicone e podem ser utilizados a depender da marca e modelo. Isto também é válido para algumas próteses de cadeia ossicular
    • Cabos de marcapasso epicárdico sem o aparelho conectado são considerados seguros. Cabos de marcapasso intravenosos, mesmo isolados, são contraindicados
    • Clipe Hemostático gastrintestinal: Verificar o tempo de instalação, após 2 meses considerado seguro.
    • Filtro de veia cava (checar modelo, se não for testado – e considerado seguro- não realizar, antes de 8 semanas).
    • Molas de embolização (checar modelo, se não for testado e considerado seguro – não realizar antes de 8 semanas)
    • Patch transdérmico com material metálico, ou qualquer eletrodo que não seja de fibra de carbono (necessário remover)
    • Piercing (necessário remover, a remoção deve ser feita pelo próprio paciente)
    • Projéteis ou rastilhos metálicos por ferimento de arma de fogo.
    • Próteses valvares cardíacas (mesmo metálicas)
    • Próteses penianas: 1. Sem contra indicação, se consciente. Existem duas marcas: Duraphase e Omniphase que não podem ser submetidas ao campo magnético
    • Suturas metálicas cutâneas.
    • Tatuagem ou maquiagem definitiva (não há problema desde que o paciente esteja consciente)
    • Válvulas de DVP: nas válvulas de pressão programável é necessário o ajuste após exame de RM.
  • Materiais permitidos para a realização do exame:
    • Clipes utilizados em cirurgias de vesícula biliar
    • Próteses valvares cardíacas (mesmo as metálicas)
    • Implantes ortopédicos, como próteses, pinos, parafusos e hastes (exceto os fixadores externos)
    • Derivação ventriculoperitoneal
    • Dispositivo intrauterino (DIU)
    • “Stents” intravasculares (como “stent” coronariano, por exemplo) são permitidos para a realização da ressonância somente após 6 semanas de sua colocação.
  • Tatuagens e Maquiagem definitiva: esperar pelo menos 30 dias para realizar a RM.
  • A RM deve ser evitada no primeiro trimestre de gestação (até 12 semanas). Caso haja dúvida em relação a possível gestação inicial, necessário confirmação com exame de beta-HCG sanguíneo.